Quem somos




Formalizada em 2010,  a Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis (COOPERFAM) nasceu da necessidade de se criar uma cooperativa que fosse exclusivamente formada pelos agricultores familiares e que pudesse contribuir para a melhoria das condições da vida no campo. Com sede em Maranguape e atuação nos municípios de Maracanaú, Maranguape, Palmácia, Paramoti, Caridade e Canindé, estes municípios formam o que se convencionou no Ceará de "Caminho de Assis".

Missão: 

     Viabilizar o desenvolvimento da agricultura familiar da região, por meio de soluções agroecológicas, com ações organizadas, solidárias, visando à melhoria de vida de seus cooperados e contribuindo para a segurança alimentar e nutricional da população.

Visão:

          Ser uma cooperativa de referência no desenvolvimento local e regional, com ações alicerçadas na cooperação, na união, na economia solidária e no respeito ao meio ambiente e ao ser humano.

 Valores:
 
  •  Cooperação
  •  Ética e Transparência
  •  Simplicidade
  •  Solidariedade
  •  Sustentabilidade Ambiental
  •  União


     Objetivos

    A COOPERFAM objetiva congregar os Agricultores (as) Familiares (lei n° 11.326 de junho 2006), de sua área de ação, realizando os interesses econômicos dos mesmos através das seguintes atividades:

    • receber, transportar, classificar, padronizar, armazenar, beneficiar, industrializar e comercializar a produção de seus cooperados, registrando suas marcas, se for o caso;
    • adquirir e repassar aos cooperados bens de produção e insumos necessários ao desenvolvimento de suas atividades;
    • prestar assistência técnica e tecnológica ao quadro social, em estreita colaboração com órgãos públicos e privados atuante no setor;
    • obter recursos para financiamento de custeio de lavouras e investimentos dos cooperados;
    • fazer, quando possível, adiantamento em dinheiro sobre o valor dos produtos recebidos dos cooperados, de acordo com o plano de negócios da cooperativa;
    • buscar, elaborar, desenvolver e executar ações, projetos e programas de moradia e instalações produtivas das propriedades dos agricultores familiares associados para o desenvolvimento da cooperativa;
    • elaborar, negociar e implementar programas e projetos que visem sensibilizar, estimular e organizar a produção agroecológica das famílias e das comunidades buscando a emancipação sócio-econômica dos associados;
    • elaborar e implementar programas e projetos voltados à preservação e valorização do meio ambiente e do bem estar do cooperantes;
    • discutir, conscientizar e organizar ações visando a preservação e o uso racional da água;
    • promover, através de ações próprias ou convênios, cursos, seminários, palestras e demais atividades de formação e capacitação voltadas para a melhoria das condições de saúde e de educação das famílias dos agricultores associados;
    • promover sempre que possíveis projetos visando a preservação do folclore e a valorização da cultura local;
    • promover, com recursos próprios ou convênios, a capacitação cooperativista e profissional do quadro social, funcional, técnico, executivo e diretivo da cooperativa;
    • prestar outros serviços relacionados com a atividade econômica da cooperativa.